Foram recolhidas 160 toneladas de resíduos das festas públicas, incluindo 13 toneladas de vidro encaminhadas para a reciclagem.

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Autarquia Melhoramentos da Capital Comcap, fez com sucesso a limpeza dos 126 eventos públicos de Carnaval este ano. Foram recolhidas 160 toneladas de resíduos nas festas do Centro, Norte, Leste e Sul da Ilha.

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Autarquia Melhoramentos da Capital Comcap, fez com sucesso a limpeza dos 126 eventos públicos de Carnaval este ano. Foram recolhidas 160 toneladas de resíduos nas festas do Centro, Norte, Leste e Sul da Ilha.

LEIA MAIS

Só no Centro da cidade, somando ruas e Passarela Nego Quirido, foram coletadas 70 toneladas de resíduos, 33% a mais do que ano passado. Desse total, 13 toneladas foram dispostas nos pontos de entrega voluntária (PEVs) de Vidro, de modo que puderam ser encaminhadas para a reciclagem. A coleta seletiva de vidro no Carnaval teve, portanto, um crescimento de 108% em relação ao ano passado.

As ruas onde ocorreram as festas no Centro foram varridas e lavadas. Este ano, foram instalados 100 latões identificados, 50 para rejeito e 50 para recicláveis, além dos contentores de 2,5 mil litros para embalagens de vidro.

Desafio de reciclar durante o Carnaval

As latinhas de alumínio, em geral, são catadas durante a festa por informais. O vidro separado nos PEVs foi doado pela Comcap/PMF para a Associação de Coletores de Materiais Recicláveis (ACMR).

Garrafas pet e plásticos dos fardos de latinha, além de copos e outros utensílios descartáveis formam a grande massa de resíduos que, infelizmente, por não terem sido separados pelos foliões seguiram para o aterro sanitário ao custo de R$ 160 a tonelada, informa o presidente da Comcap, Márcio Alves. Até restos de fantasia este ano foram recuperados diretamente pelas próprias escolas ou, depois, das caixas estacionárias da Comcap por catadores.

“Há muito resíduo que poderia ter sido separado pelos foliões, mas demos um primeiro passo importante ao oferecer equipamento de coleta seletiva e mostrar que é preciso reciclar os hábitos”, comenta Márcio Alves. Depois que o resíduo vai para o chão, vira rejeito.

Reconhecimento aos trabalhadores

A Comcap mobilizou 250 trabalhadores diretamente na limpeza das festas públicas, realizou operação de forma ágil e competente de modo que a cidade amanheceu limpa e cheirosa durante o Carnaval, elogia o presidente.

“Gostaria de, ao mencionar Luciana Camargo, gerente da Base Operacional Centro, destacar o esforço físico e logístico que a Comcap realizou para que este fosse possivelmente o maior e o mais limpo Carnaval de Florianópolis”

afirma Márcio Alves.

A limpeza também foi feita nas festas do Norte, Sul e Leste da Ilha de Santa Catarina, com muita precisão e competência. Também trabalharam no Carnaval as equipes da coleta e remoção, para recolher os resíduos das festas e dos domicílios. Equipes da educação ambiental e, este ano, inclusive das oficinas do Departamento de Manutenção e Transporte (DPMT) e do Centro de Valorização de Resíduos (CVR) que produziram os latões para coleta seletiva e a alegoria da bernunça, mascote da Comcap, que desfilou na Passarela Nego Quirido no sábado.

Este ano, a Comcap, além disso, cuidou da limpeza dos camarotes da passarela, por meio de contrato remunerado pela empresa organizado do evento.

A direção da Comcap determinou que seja apontada na ficha funcional de cada empregado uma menção de aplauso e reconhecimento pelo trabalho desempenhado no Carnaval 2020.

CENTRO
Carnaval 2019
52,8 toneladas, sendo 6,3 toneladas dos pontos de entrega de vidro (PEVs) encaminhados para reciclagem

Carnaval 2020
70,3 toneladas, incluindo 13 toneladas dos pontos de entrega de vidro (PEVs) encaminhados para reciclagem
Aumento de 33% na quantidade de resíduos coletados nas festas do Centro este ano.
Aumento de 108% na coleta seletiva de vidro nos pontos de entrega voluntária (PEVs)
72 pessoas revezaram-se na limpeza nos turnos da manhã, tarde e noite

NOS BALNEÁRIOS
LESTE

19 toneladas de resíduos – 35 pessoas limparam as festas públicas na Lagoa da Conceição, Joaquina, Praia Mole, Barra da Lagoa, Rio Vermelho, Santo Antônio de Lisboa e Sambaqui

NORTE

54,6 toneladas de resíduos – 40 pessoas trabalharam na limpeza das festas de Carnaval

SUL
6,3 toneladas de resíduos – 28 pessoas trabalharam na limpeza das festas no Pântano do Sul, Armação e Campeche.

CONTINENTE

9 pessoas trabalharam na limpeza das festas públicas de Carnaval.

Coleta domiciliar
Durante os dias de Carnaval, o Departamento de Coleta de Resíduos Sólidos recolheu nos domicílios de Florianópolis 64,6 toneladas de materiais recicláveis registrando aumento de 6,7% na coleta seletiva. A coleta convencional recolheu 2,26 mil toneladas de rejeito ligeiramente abaixo da quantidade do ano passado (2,3 mil toneladas).

https://rz.floripa.br 2020
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account